terça-feira, 16 de março de 2010

URBANIZAÇÃO

1) (Ufscar) Com a acelerada urbanização da humanidade e o advento de gigantescas aglomerações urbanas, os especialistas no tema e as organizações internacionais logo criaram novos conceitos
para dar conta dessas realidades. Dentre eles, existem os conceitos de megalópole, megacidade e cidade global. A respeito desses conceitos, seria correto afirmar que:

I. Megalópole é uma gigantesca aglomeração urbana, com mais de 10 milhões de habitantes e onde há conurbação de inúmeras cidades vizinhas.
II. Cidade global é uma imensa área urbana com uma população de no mínimo 10 milhões de habitantes.
III. Megacidade é uma gigantesca aglomeração urbana com no mínimo 10 milhões de habitantes.
IV. Megalópole é uma região superurbanizada onde, numa pequena extensão de um território nacional, se concentram várias cidades milionárias, que possuem uma vida econômica bastante interligada.
São verdadeiras as afirmativas:
a) I e II.
b) II e III.
c) III e IV.
d) I e IV.

2) (UNESP) As previsões de especialistas para 2015 projetam que cerca de 33 cidades do mundo terão, pelo menos, 8 milhões de habitantes ocupando 0,4% da área do planeta. Assinale a alternativa que contém o processo descrito e alguns impactos ambientais importantes dele resultantes.

a) Envelhecimento da população; favelas; vossoroca.
b) Globalização; efeito estufa; assoreamento dos rios.
c) Urbanização; segregação espacial; enchentes.
d) Emigração; chuva ácida; migrações pendulares.

3) (Ufam) Das causas abaixo, a única que não contribui par a migração campo-cidade é:
a) Mecanização da agricultura.
b) Segregação urbana-espacial.
c) Concentração das terras em mãos de uma minoria de proprietários.
d) Precária condição de vida no campo.

4) “Para avaliar se uma cidade é global, considera-se: o número de escritórios das principais empresas (em contabilidade,consultoria, publicidade, banco e consultorias) a sua rede financeira/bancária, de telecomunicações, etc.. As cidadesglobais são vetores importantes da globalização. Elas são sede de poder e por meio delas que a economia global éadministrada, coordenada e planejada. Elas formam uma rede onde transitam os trilhões que alimentam os mercadosfinanceiros internacionais. [...] Estudos recentes registram 55 cidades globais no mundo”.
Fonte:MariadaGlóriain:http://lite.fae.unicamp.br/revista/
Com base no texto, pode-se afirmar que cidade global é definida pela:

a) quantidade de habitantes.
b) localização geográfica.
c) influência supranacional.
d) economia sóciodemocrata.

5) O processo de urbanização dos espaços geográficos mundiais vêm se intensificando nas últimas décadas. Sobre a temática, assinale a afirmativa INCORRETA.

a) A urbanização no fim do século XX foi marcada por profundas diferenças entre o nível de vida dos habitantes de países ricos e o de países pobres e pela existência de duas novas categorias na hierarquia urbana: as cidades globais e as megacidades.
b) As duas metrópoles brasileiras, São Paulo e Rio de Janeiro, exercem uma polarização sobre todo o território nacional, praticamente comandando a vida econômica e social da nação.
c) Nos países desenvolvidos, o crescimento das cidades e a importância que elas passaram a ter na vida das sociedades se consolidaram com a Revolução Industrial e o estabelecimento da indústria como atividade essencialmente urbana.
d) Na atualidade, a urbanização dos países desenvolvidos e subdesenvolvidos é processo independente, principalmente devido ao isolamento geográfico dos espaços mundiais e à ausência de conexão das redes urbanas.

6) “Urbanização não corresponde ao crescimento das cidades em conseqüência do crescimento natural ou vegetativo de sua população. Ela ocorre a partir do êxodo rural, que proporciona à cidade um crescimento maior que o campo. Quando a população urbana cresce em igual proporção ao crescimento da população rural, o que ocorre é o crescimento urbano. O crescimento populacional das cidades teoricamente não tem limites, ao contrário da urbanização.” (Lucci, E. A. - "Geografia")
Associando o texto aos conhecimentos sobre a urbanização no mundo, considere as afirmações:

I - Até a segunda metade do século XX a urbanização era um fenômeno restrito aos países desenvolvidos, pois os países subdesenvolvidos tinham suas economias baseadas nas atividades rurais.
II - Nos países desenvolvidos a urbanização intensifica-se a partir da Revolução Industrial e, atualmente, é um fenômeno praticamente extinto.
III - Nos países subdesenvolvidos a urbanização é um fenômeno recente, verificado após a década de 1950, e se desenvolveu de forma caótica, transferindo a pobreza rural para as cidades.
IV - Nos países subdesenvolvidos as elevadas taxas de natalidade sempre estiveram associadas à aceleração da urbanização.
São verdadeiras:
a) apenas I, II, e III
b) I, II, III e IV
c) apenas I e IV
d) apenas I e II

7) (Ufap) Leia o texto.
O espaço mundial da “era da informática” caracteriza-se, em certo sentido, pela supressão das distâncias. (...) Ocorre a polarização pelas cidades onde se concentram as sedes das instituições que controlam as redes mundiais.

Em relação ao assunto abordado no texto, assinale a afirmativa correta.
a) A maior parte das cidades globais localiza-se nos países de industrialização recente que evoluíram pela aplicação do sistema de produção chamado fordista.
b) As características naturais são determinantes na localização e estruturação de redes de serviços como é o caso do vale do Silício na Califórnia, Estados Unidos, que produz chips para computadores.
c) Nas cidades globais, como Nova York, Londres e Tóquio, principais centros financeiros mundiais, encontra-se a maior parte das direções mundiais das corporações transnacionais.
d) A função das cidades globais é comandar a economia nacional, por meio de redes de informações que permitem desenvolver a competitividade entre as empresas.

8) O espaço geográfico vem passando por grandes transformações. Analise as afirmativas a seguir, que versam sobre o processo de urbanização, ao longo da História.

I. As cidades mais antigas do mundo surgiram na Idade Média, em decorrência do desenvolvimento das primeiras manufaturas e da atividade comercial as quais necessitavam de elevada concentração de população.
II. A urbanização intensificou-se com a Revolução Industrial e o desenvolvimento tecnológico que repercutiu nos diversos segmentos da economia e dos serviços possibilitando a existência de gigantescos aglomerados urbanos.
III. O crescimento das cidades ampliou a importância e o dinamismo econômico do campo, o que garantiu, através do fornecimento de alimentos, a sobrevivência das populações urbanas, e, através da produção de matérias-primas, a existência das indústrias.
Com base nas assertivas, é correto afirmar que:
a) apenas II é verdadeira.
b) apenas III é verdadeira.
c) apenas I e III são verdadeiras.
d) apenas II e III são verdadeiras.

9)(Ufrn) Nova York, nos Estados Unidos, é um exemplo típico de cidade global. Exerce funções de comando supranacional e de alto nível tecnológico, constituindo-se, portanto, em local onde a rede internacional das empresas capitalistas encontra seus pontos físicos de ancoragem espacial.
Além disso, como cidade global, Nova York:

a) apresenta atividades econômicas limitadas pela presença de corporações financeiras e industriais, regionalmente localizadas, que afetam a organização do território em escala mundial.
b) desempenha funções e atividades econômicas de caráter macrorregional, contrariando a lógica da reprodução ampliada do capital que tem por base a relação centro-periferia.
c) possui uma economia que apresenta características primárias, uma vez que desempenha funções de controle das empresas industriais localizadas nos países em desenvolvimento.
d) funciona como centro de localização de atividades econômicas nacionais e internacionais, influenciando na organização do território em suas diversas escalas.
10) (Ufrn) O quadro a seguir mostra as cinco maiores aglomerações urbanas do mundo. Observando este quadro, percebem-se algumas transformações ocorridas nos últimos 100 anos com relação à distribuição da população urbana em alguns países.

A partir da análise do quadro acima, foram feitas as seguintes afirmações:
I - Em 1900, as cidades com maior número de habitantes correspondiam àquelas onde os processos de industrialização e de urbanização já estavam bem mais adiantados.
II - A redução do ritmo de crescimento da população urbana nos países desenvolvidos é resultado da política de controle da natalidade, mais intenso nas cidades do que nas áreas rurais. Tal redução se justifica pela preocupação da sociedade na manutenção de um bom padrão de vida.
III - Nos países subdesenvolvidos, as migrações rural-urbanas têm sido responsáveis pelo grande crescimento da população das cidades, fenômeno que tem contribuído, cada vez mais, para o aumento do desemprego urbano e para a precariedade das condições de vida das pessoas.
IV - A maior concentração urbana nos países subdesenvolvidos, de 1950 para 2000, é reflexo da intensificação, nas últimas décadas, do processo de urbanização nessa parte do mundo.
Pode-se afirmar que são verdadeiras

a) II, III e IV.
b) I, II e III.
c) I, III e IV.
d) I, II, III e IV.

11) As grandes cidades dos países pobres concentram graves problemas sócio-ambientais, EXCETO:
a) ausência de rede de esgotos.
b) precariedade dos transportes públicos.
c) "déficit" de moradias e de abastecimento d'água.
d) aumento dos empregos no mercado formal.

12) (Unifesp) Megacidades são aglomerações urbanas que:
a) alojam centros do poder mundial e sedes de empresas transnacionais.
b) concentram mais de 50% da população total, em países pobres.
c) têm mais de 10 milhões de habitantes, seja em países ricos ou pobres.
d) pertencem a países de grande importância no comércio mundial.

2 comentários:

Rui da Silva Barbosa disse...

Obrigado por vc selecionar e disponibilizar em seu blog estas questões relativas a urbanização.

Jana Britto Designer em Biojóias disse...

olá, gostei do seu blog, mas gostria de saber se vc pode colocar os gabaritos? Desde já agradeço. bjos!